A sua marca está onde o seu cliente está ?

Dicas de e-commerce
1 de setembro de 2016

re

 

Todos conectados!

Não é novidade que as pessoas tem usado cada vez mais as redes sociais para gerar e obter informações. Segundo a pesquisa “Futuro Digital em Foco Brasil 2015”, divulgada pela consultoria comScore, os brasileiros são líderes no tempo gasto nas redes sociais. A nossa média é 60% maior do que a do resto do Planeta! Depois do Brasil vem as Filipinas, Tailândia, Colômbia e Peru. Veja no mapa:

 

 

4272054-brasil-redes-sociais

 

fonte: O Globo

 

 

Simplesmente, os brasileiros gastam 650 horas por mês em redes sociais. Com tantos acessos, nada mais comum que as marcas estejam presentes nessas mídias, seguindo o fluxo de crescimento para que não se tornem obsoletas.

 

Mas, a sua marca está onde o seu cliente está ?

Vamos fazer uma analise juntos ?

Já que as pessoas utilizam as redes sociais por horas durante o dia, é preciso divulgar a sua loja virtual em todas possíveis, gerando conteúdo para o máximo de público, certo ?

Errado!

A sua marca não precisa ter presença em todas as redes existentes, o correto é fazer uma analise do seu cliente, observar os seus hábitos e criar uma persona, ou seja, a definição do cliente típico. Aqui você encontra um artigo bem interessante sobre como e por que criar uma persona.

Com um conceito claro sobre como é o seu cliente, você poderá decidir melhor sobre quais redes sociais são indispensáveis e, dessa forma, estar onde o seu cliente está.

Atualmente, as redes mais comuns são: Facebook, Instagram, Twitter, Snapchat, LinkedIn, Pinterest, Google Plus e YouTube.

Para ficar claro e auxiliar a sua escolha, abaixo vamos explicar um pouquinho sobre cada uma delas:

 

facebook Facebook

O Facebook é um dos locais mais interessantes de inserir a sua marca, nele é possível encontrar todos os tipos de públicos, dificilmente a sua persona não será um usuário desta rede social.

Os conteúdos que podem ser publicado nele são diversos:

Imagens e vídeos;

Frases de interação com o público;

Novidades sobre o seu segmento;

Artigos de blog (preferencialmente do seu próprio blog), etc.

Mas, cuidado! Textos longos costumam não ter bons resultados de interações. Lembre-se sempre que a sua postagem é mais uma entre várias que o seu cliente irá visualizar na timeline. Então, o certo é produzir conteúdo relevante, que chame a atenção e não seja cansativo.


instagram Instagram

O Instagram é uma rede social pensada para dispositivos móveis, ele só aceita conteúdo visual nas suas publicações.

É mais interessante para quem vende produtos, para venda de serviços ele não é tão utilizado. Por tratar-se de uma rede visual, vale a pena investir, fotos com boa resolução e harmônicas podem obter melhor engajamento. Além disso, vídeos de apresentação do produto são interessantes, por exemplo, se você tem uma loja virtual de roupas, visualizar como vestem as peças poderá trazer mais confiança ao cliente na hora da compra.

O importante é sempre ter cuidado em como expor o produto de maneira que ele seja valorizado, para isso, investir na contratação de um profissional é uma boa ideia.


twitter Twitter

A proposta do Twitter é mostrar o que está acontecendo em tempo real. Ele é famoso pelas 140 caracteres, ou seja, as frases publicadas devem ser pequenas.

Ele pode ser utilizado para divulgação de novidades, eventos, etc. Além disso, muitas marcas utilizam inserindo links que redirecionam para o seu blog, como forma de divulgar os últimos posts.

O legal do Twitter é poder utilizar as hashtags, agrupando as postagens por assuntos, por exemplo, #diadospais você estará categorizando a sua postagem no assunto “ dia dos pais “, quem pesquisar por essa hashtag poderá ver a sua publicação, mesmo que essa pessoa não seja sua seguidora na rede social.


snapchat Snapchat

O Snapchat faz bastante sucesso entre o público jovem. Assim como o Instagram, ele também é uma rede social para conteúdo visual, porém ele possui um tempo de duração determinado por quem enviou, por exemplo, se você compartilha uma imagem por 5 segundos, a pessoa que visualizar só terá acesso durante os 5 segundos.

Um dos diferenciais desta rede é a promoção de conteúdo exclusivo, através do Snapchat é possível fazer cobertura de eventos, lançamentos de produtos e etc.


linkedin  LinkedIn

O LinkedIn é uma rede social corporativa, o foco desta mídia é networking profissional. Ele é muito utilizado para recrutamento e seleção, troca de informações entre usuários com os mesmos interesses e novidades sobre o mercado.

Ao publicar nesta rede deve ser levado em consideração que quem está acessando busca informações pontuais. No LinkedIn, postagens ligadas a entretenimento não são interessantes.

Esta rede é ideal para e-commerce B2B, ou para quem quer apresentar a sua marca de forma institucional.


pinterest Pinterest

No Pinterest é possível encontrar ideias criativas para diversos projetos. Ele pode ser utilizado tanto para inspiração quanto para divulgação. Se o seu produto tem algo a mais, o diferencial dele poderá ser mostrado através de imagens no Pinterest, ele pode servir de inspiração para outras pessoas ou como forma de despertar o interesse do cliente na sua loja virtual.

Exemplificando, um e-commerce de materiais para artesanato, pode divulgar sua nova coleção de tintas através de fotografias de quadros que demonstrem a versatilidade de aplicações do produto. Ou então, uma loja virtual de sapatos, pode divulgar looks que combinem com a nova coleção primavera/verão.

Para produzir conteúdo relevante para esta rede social é importante ter em mente que os usuários estão buscando inspirações para diversas coisas, vestir, comer, enfeitar, etc.


googleplus Google Plus

A expectativa de popularização desta rede social era grande, porém isso não aconteceu. A proposta do Google Plus é muito parecida com a do Facebook, e, talvez por isso, ela não tenha caído no gosto popular, visto que o Facebook possui liderança.

Uma das vantagens de utilizar esta rede social é justamente por ela ser do Google, todas as informações publicadas são indexadas no mecanismo de pesquisa muito antes das outras redes sociais.


youtubee YouTube

O YouTube é uma das maiores mídias sociais, apesar de ser apenas para publicação de vídeos, ele pode ser considerado uma rede pois através da sua conta Google é possível seguir canais e interagir com comentários.

Pode ser utilizado para realizar transmissões ao vivo, postar vídeos institucionais ou demonstrativos do produto. Para que você tenha seguidores, é interessante criar um canal com a sua marca,  mas só será relevante se este canal for alimentado com periodicidade, criando vínculo com quem consome o seu conteúdo.

 

 

Estas são as principais redes sociais existentes no universo digital, a ideia é que a sua marca esteja presente onde o seu cliente está e que você saiba a forma correta de produzir conteúdo para esses meios, reforçando a sua marca, gerando engajamento e despertando o desejo de compra no seu público.

Não se esqueça de ter em sua loja virtual links que divulguem as redes sociais, pois é uma forma de manter a relação com o seu cliente.

»crosslinked«

Leia também: